quarta-feira, 1 de outubro de 2014

Dia Mundial da Música - 30 discos

Neste Dia Mundial da Música resolvi fazer uma lista de 30 discos da minha vida. É uma lista de discos que, sobretudo, marcaram a minha adolescência e juventude, que me formaram melómano e me fizeram acreditar no poder da música como expressão estruturante das nossas vidas.
São 30 títulos - podiam ser 50 ou 80 - muito eclécticos. Mas estes são discos que considero, cada um no seu género, obras-primas intemporais às quais ainda hoje regresso com inesgotável prazer.
Estão listados por ordem cronológica.

Captain Beefheart - “Safe as Milk” (1967)
The Velvet Underground – “White Light/White Heat” (1968)
Miles Davis – “Bitches Brew” (1970)
Suicide – “Suicide” (1977)
Joy Division - "Closer" (1980)
The Loung Lizards – “The Lounge Lizards” (1981)
David Byrne & Brian Eno - "My Life in the Bush of Ghosts" (1981)
Virgin Prunes – “…If I Die I Die” (1982)
Tom Waits – “Swordfishtrombones” (1983)
Philip Glass – “Songs From The Liquid Glass” (1984)
Cocteau Twins – “Treasure” (1984)
Prefab Sprout – “Steve McQueen” (1985)
Love & Rockets - "Seventh Dream of Teenage Heaven" (1985)
XTC - "Skylarking" (1986)
The Cure – “The Head on The Door” (1986)
Public Enemy – “It Takes a Nation of Millions To Hold Us Back” (1986)
Diamanda Galás - “The Divine Punishment” (1986)
The Young Gods – “The Young Gods” (1987)
Dead Can Dance – “Within The Realm of a Dying Sun” (1987)
Spacemen 3 – “Playing With Fire” (1988)
Wim Mertens – “Maximizing The Audience” (1988)
Naked City – “Naked City” (1990)
Cheikha Rimitti – "Sidi Mansour” (1994)
Danny Elfman – “The Nightmare’s Before Christmas” (1995)
Aphex Twin – “Richard D. James Album” (1996)
Squarepusher – “Feed Me Weird Things” (1996)
Mr. Bungle – “California” (1999)
Amon Tobin – “Supermodified” (2000)
Fantômas – “The Director’s Cut” (2001)
Swans - "To Be Kind" (2014)

6 comentários:

Marcos disse...

To be Filthy !

Paulo Gonçalves disse...

Lista impecável. O to be kind é deste ano:-)

Victor Afonso disse...

Pois é, Paulo, confundi com o "The Seer". Obrigado, vou rectificar.

Victor Afonso disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
Hudini disse...

Parabéns por este blog, um bom pedaço de informação neste oceano digital.
Grande lista!!! Juntar Wim Mertens, Philip Glass, Aphex Twin e Amon Tobin no mesmo grupo, concordo completamente, vou ouvir outros álbuns mencionados que não conheço.

Victor Afonso disse...

Obrigado Hudini.