quinta-feira, 18 de julho de 2013

"Dumbland" de David Lynch

Confesso que nunca tinha visto com atenção a mini-série de animação "Dumbland" de David Lynch. Produzida em 2002 e editada em DVD em 2005, "Dumbland" é um conjunto de pequenos episódios (2, 3 minutos) que o próprio Lynch divulgou no seu site oficial. No total foram feitos 8 episódios, com uma duração final de 33 minutos. 
Só agora, dez anos depois, me dei ao trabalho de ver todos os episódios desta louca animação de Lynch. Na verdade, este é o universo lynchiano puro e duro, bizarro e negro, sarcástico e escatológico, violento e surreal, tão ou mais do que o realizador revela nos seus filmes. Basicamente, "Dumbland" é cosntituído por pequníssimos episódios nos quais vemos Randy, o bruto, estúpido e violento chefe de uma família disfuncional e completamente alienada.
Cada episódio conta uma história breve, repleta de humor corrosivo e violência absurda até à náusea. A crítica feroz à sociedade americana está implícita em cada episódio. 
A estética de animação de "Dumbland" é, propositadamente, rude e básica (em conformidade com o teor agreste das pequenas histórias). A sonoplastia é rigorosa e cuidada, realçando os aspectos absurdos de todo aquele universo grotesco e surrealista. Há momentos de puro humor absurdo e hilariante (os Monty Python deviam adorar), mas não é um humor para todos os gostos. 
Neste vídeo estão compilados os 8 episódios (legendados em espanol) desta louca série de David Lynch:

1 comentário:

Marcelo C,M disse...

É uma pena que o propio confessou esses tempos que não sabe mais por onde se encaixar no cinema americano atual e que a melhor saida para ele seria voltar para a tv.