domingo, 18 de janeiro de 2015

Sobre a colecção de DVD

Um leitor deste blog perguntou-me quanto DVDs tenho. Bom, na realidade não sei ao certo, parei a contagem por volta dos 800 (sempre fui muito organizado e desde muito novo que me habituei a fazer catálogos de tudo: livros, cassetes, discos, CD's, DVDs, recortes de jornais e revistas...). Mas no total serão perto de mil exemplares. 
Os anos de maior coleccionismo já passaram. Nos finais dos anos 90 e a primeira década de 2000, investi muito em DVD, não só em edições nacionais mas sobretudo em edições de coleccionador/especiais e de importação. Era de tal forma obcecado em comprar as melhores edições que chegava a adquirir várias edições diferentes do mesmo filme. Edições Director's Cut, com extras, imagem remasterizada, etc. Por exemplo, tenho 4 edições diferentes de "Psycho" de Hitchcock e 3 diferentes de "Stalker" de Tarkovski. 
Mas também comprei muitas colecções mais baratas que saiam em jornais e revistas (as do Público eram imperdíveis, sobretudo dos filmes clássicos). Desde há uns 4 ou 5 anos perdi o hábito de comprar e coleccionar DVD. Não, não os troquei pelo formato Blu-Ray (que tenho muito pouco), mas simplesmente porque a internet tornou-se uma via privilegiada para adquirir e ver filmes. 

Eis três imagens diferentes da minha colecção de DVDs do meu escritório (à mistura com livros e CDs):



5 comentários:

Carlos Natálio disse...

Uau, que fixe. Temos de pedir ao Paulo Soares para postar uma coisa destas da sua colecção. :)

O Narrador Subjectivo disse...

A inveja é um sentimento muito feio, mas de momento é o que me ocorre xD

Anónimo disse...

Que inveja. Excelente colecção e obrigado pela sua atenção.

Marcelo Castro Moraes disse...

Eu também parei para contar quantos filmes eu tenho, mas acho que vc supera eu em

ajanelaencantada disse...

Uau. Quero ser o teu vizinho do lado. DVDs tenho pouco menos de 100.