domingo, 6 de maio de 2012

"48" em DVD

Fiquei admirado ao ver este DVD à venda na Fnac por um preço tão acessível (9,99€). Na capa lê-se: "O filme da década!", afirmação do jornal Público.
E pode muito bem ser, porque este documentário de Susana de Sousa Dias brilha pela inovação estética, pelas opções de realização, pela austeridade formal e pelo lado comunicacional fortemente eficiente.
Baseado nas fotografias de arquivo que a PIDE tirou dos prisioneiros políticos durante o regime fascista de Salazar, "48" explora os rostos desses prisioneiros antes e depois da experiência prisional (que quase sempre era acompanhada por terríveis suplícios de tortura e opressão). Ao mesmo tempo que o espectador vê, em imaculados planos fixos, os rostos de desespero e angústia, ouve o testemunho das terríveis experiências passadas pelos presos. São rostos que interpelam, incomodam, questionam a própria substância e valor de uma imagem.
A montagem, minimalista e quase ascética, abdica da tradicional estratégia narrativa, optando por estruturar o filme como uma sequência rígida de fotografias (separadas por suaves "fade-out" durante 90 minutos). A sonoplastia é subtil mas suficiente para aumentar o ambiente austero e emocional das imagens e respectivos relatos. Os silêncios incómodos também abundam nos depoimentos angustiados das vítimas (chega-se a ouvir a respiração dos homens e mulheres).
São testemunhos pungentes de homens e mulheres vulgares que sofreram nas mãos de carrascos a mando de um sistema mais violento do que se julga. São rostos que falam, que expressam variadas emoções e provam a violência psicológica exercida pela polícia política de Salazar. O filme "48" é, por isso, um documento fascinante sobre os 48 anos de ditadura e uma experiência audiovisual única, exigente, original, com um grande significado histórico e que contém uma força interior serena que chega a perturbar (não admira que tenha conseguido variadíssimos prémios pelos festivais por onde tem passado).
Sem dúvida um dos mais inventivos filmes portugueses dos últimos anos, "48" está agora à disposição em DVD a um preço muito acessível.

2 comentários:

vanessa disse...

Já tinha visto uma reportagem sobre este filme e realmente era o tipo de dvd que não imaginava na fnac, mas ainda bem!
Gostei bastante da opinião!

Rui Gonçalves disse...

Um exemplo admirável de como se pode fazer muito com pouco.