sexta-feira, 16 de março de 2012

Tragédia: ficção e realidade


Andei dois dias a tentar recordar qual era o filme que a tragédia do acidente do autocarro na Bélgica me fazia lembrar. Hoje lembrei-me: "O Futuro Radioso" ("Sweet Hereafter") do realizador canadiano Atom Egoyan.
A brutalidade da morte de 22 crianças (e seis adultos) no acidente com o autocarro no túnel é muito semelhante à história que dá o mote ao filme de Atom Egoyan: no regresso de viagem num autocarro escolar, este despista-se no gelo e morrem 20 crianças de uma pequena comunidade.
A comunidade a que elas pertenciam fica em estado-de-choque. Um advogado oferece-se então para representar a destroçada comunidade numa acção judicial que irá provocar fortes reacções emocionais nos pais destroçados pela tragédia...
O filme de Egoyan lida com o devastador sentimento de perda de crianças inocentes, e é esse sentimento que deve estar a destroçar, neste momento tão real e doloroso, os pais e familiares belgas que perderam os seus filhos. Só espero que não surja - como no filme - um advogado (ou vários) sem escrúpulos para tentar aproveitar-se do drama com o intuito de sacar dinheiro e garantir mediatismo nos meios de comunicação social.

2 comentários:

Anónimo disse...

estás tu a aproveitar-te do acidente para encheres chouriços no teu blogue, quando nada tens de mais interessante para dizer... e não foi na Bélgica que o acidente ocorreu, mas na Suiça. quando voltares a tocar em assuntos tão sérios, fá-lo com o mínimo de competência, ou não lhes toques sequer. ofendes muita gente com estas brincadeiras absurdas...

O Homem Que Sabia Demasiado disse...

Este comentário anónimo, de tão infame e desprezível, nem merecia resposta, mas vou dá-la à mesma:
1- É ridículo dizer que me "aproveitei" da tragédia para escrever o post. Só porque fiz a comparação entre a história de um filme e a tragédia real ocorrida na Suíça, estou a "aproveitar-me"?! De quê?
2 - Concordo que o assunto é sério, mas em que é que eu "ofendi" alguém com esta comparação? E este post é uma "brincadeira" em nome de quem? O meu post é absolutamente respeituoso para com as crianças que morreram, não brinquei de forma nenhuma com a tragédia e talvez eu "sinta" mais de perto esta tragédia do que o anónimo, porque eu tenho duas filhas com a idade das crianças mortas e não sei se o anónimo tem...
4 - O meu único erro foi ter dito que o acidente ocorreu na Bélgica e não na Suíça. Vou preso por este lapso?
5 - Só por má fé o anónimo escreveu o que escreveu para me atacar pessoalmente. Mas enfim, volta e meia acontece isto.
Infelizmente é normal...