quarta-feira, 22 de Abril de 2009

Os pobres dos esqueletos escorraçados


A exposição "Bodies", mundialmente conhecida e vista já por milhões de pessoas em todo o mundo, que mostra cadáveres dissecados em actividades desportivas dos "vivos" (e que passou há algum tempo por Lisboa), foi obrigada a fechar por ordem de um tribunal francês (país onde estava em exposição actualmente). Ao que consta, por terras do sr. Sarkozy existe uma nova lei que regula o modo de actuação com cadáveres e esqueletos, o que vai obrigar muitos museus a retirar esqueletos em exposição pública. Parece mentira, mas não é. O juiz afirma que a exposição representa uma falta de respeito pelos mortos e que "Bodies" não é uma exposição de arte, mas sim uma exposição anatómica educativa. Pergunto eu: assim a modos como o quadro "A Origem do Mundo" de Gustave Courbet?

Sem comentários: