sábado, 11 de Abril de 2009

Pinheiro e Malato: dois novos criadores

Há tempos referi o facto de, cada vez mais, jornalistas e apresentadores de televisão, escreverem romances. Agora há mais dois exemplos paradigmáticos: Júlia Pinheiro, apresentadora de concursos da TVI, vai editar um romance com o sugestivo e telenovesco título “Não Sei Nada Sobre o Amor”. O mais engraçado é que não foi iniciativa da jornalista escrever este livro, mas sim da editora Esfera dos Livros, que desafiou a apresentadora a estrear-se na escrita. A Júlia lá deve ter feito o jeito à editora (a troco de um contrato chorudo, imagina-se), porque o livro vai ser lançado já no próximo mês. Não conhecia este novo fenómeno das editoras instigarem figuras públicas para escreverem romances....
Mas há mais: José Carlos Malato, outra figura mediática da televisão, vai estrear-se nas lides artísticas. Não vai ser no género romance histórico, mas sim, nada mais e nada menos, no teatro e no cinema. Malato diz que está a escrever o argumento de duas curtas-metragens e uma peça de teatro. De rajada, o país lançou dois novos criadores para o panorama literário e artístico, portanto. Quando virão os próximos exemplos? 

2 comentários:

LN disse...

Estou super, ultra-ansioso para comprar os dois.
!
Alguém mais?
!

Anónimo disse...

"criadores para o panorama literário e artístico"!!!??? para o panorama 'livros de (pseudo) celebridades' quer dizer...