terça-feira, 10 de agosto de 2010

O cinema pedagógico de Luís Buñuel


No mundo académico são habituais as teses sobre pensadores, cientistas, filósofos, escritores, investigadores. O que já não é muito habitual é haver estudiosos que dediquem o objecto da sua investigação a um cineasta em particular, menos ainda, a um cineasta tão particular como o espanhol Luís Buñuel.
Foi o que fez o professor Vítor Reia-Baptista, na altura na Universidade do Algarve. O título da tese de mestrado, escrita em inglês, é certeiro e pragmático: “The Heretical Pedagogy of Luis Buñuel - A Study of the Pedagogical Character of the Heresies and Moralities in the Cinema of Luis Buñuel”. Nunca me teria lembrado de olhar o cinema de Buñuel pela perspectiva pedagógica (ainda que herética), pelo que esta tese publicada na Biblioteca On-Line de Ciências da Comunicação da Universidade da Beira Interior se torna interessante de ler para os estudiosos do cinema e para meros curiosos na obra de um dos mais provocadores realizadores de sempre.

3 comentários:

Beatrix Kiddo disse...

mas que bem!

Vitor Reia-Baptista disse...

Vi agora este texto pelo que deixo aqui apenas umas ligeiras correcções: de facto sou professor na Universidade do Algarve, mas esta tese de mestrado foi escrita na Universidade de Lund, na Suécia, em 1987. Por outro lado, a versão que está na BOCC, sem que eu saiba muito bem porquê, apresenta-se incompleta, faltando-lhe os 2 últimos capítulos, as notas e a bibliografia.

O Homem Que Sabia Demasiado disse...

Obrigado, professor Vítor Reia-Baptista.