terça-feira, 12 de julho de 2011

Notas de Bresson #1



O cineasta Robert Bresson escreveu um livrinho com pequenas notas que intitulou "Notas Sobre o Cinematógrafo" (edição Elementos Sudoeste, com tradução e posfácio do escritor e crítico Pedro Mexia).


Através destas notas, este livro revela a personalidade e as ideias do realizador francês. Cada nota - às vezes uma simples frase - demonstra uma subtil sensibilidade perante a arte do cinema, um olhar muito particular do acto de filmar, de dirigir actores, de montar e dar coerência a uma obra cinematográfica (e logo a uma obra tão exigente quanto a de Bresson).


Bresson escolhe as palavras de forma minuciosa, procurando por vezes a abstração, outras vezes, uma desarmante objectividade das ideias. Mas há sempre pertinência, substância e rigor nestas notas bressonianas. São pensamentos, reflexões e ideias, mais do que regras ou mandamentos do tipo teórico ou técnico.


Como cada nota, por mais pequena que seja, pode propiciar reflexão sobre o cinema, inicio aqui uma nova rubrica: "Notas de Bresson".


- "Sonhei que o meu filme se fazia passo a passo sob o meu olhar, como a tela de um pintor eternamente vívida".

1 comentário:

Ricardo Vieira Lisboa disse...

é engraçado, acabei de comprar este livrinho hoje de manhã