quarta-feira, 5 de maio de 2010

Contos da vida


Há um livro ao qual recorro com frequência: "Tertúlia de Mentirosos - Contos Filosóficos do Mundo Inteiro" (Teorema) do francês Jean-Claude Carrière (na imagem o livro que deu continuidade).
Este escritor e argumentista de cinema foi famoso por ter adaptado obras literárias para o grande ecrã e por ter escrito alguns dos melhores guiões do realizador espanhol Luís Buñuel. Neste livro, Carrière reúne centenas de pequenas histórias e contos do mundo inteiro e de todas as culturas e religiões - judaica, cristã, islâmica, indiana, sufi, aborígene, budista, etc. Alguns contos têm milhares de anos, outros são contemporâneos.
Ler "Tertúlia de Mentirosos" é um exercício fascinante. O conhecimento, o saber, os ditos de espírito compilados neste livro são verdadeiros manuais de vida e dariam para muitas teses de filosofia.

Deixo apenas aqui um exemplo num conto intitulado "A solução" (oriundo da tradição judaica mas com um toque zen):

Um estudante dirige-se a um velho sábio rabino e diz-lhe:
- Reflecti muito e tomei uma decisão. Decidi morrer.
- Não é uma solução - diz o rabino. O jovem vai-se embora e volta uma semana depois, dizendo:
- Tinhas razão, mestre. Reflecti muito e decidi viver com mais energia.
- Não é uma solução - diz o rabino.
- Mas disseste-me que morrer não era solução! Agora dizes-me que viver não é solução. Então qual é a solução?
- Porque pensas tu que há uma solução? - afirmou o rabino.

3 comentários:

cão sem raiva disse...

Resposta demasiado óbvia, julgo.

Erzsébet disse...

Encanta-me o bom gosto do blog. O conto é o mais direto a que se pode chegar a filosofia. Particulamente o formato literário que mais me agrada.

Nina disse...

Olá!
Parabéns pelo teu blogue.
Venho convidar-te a entrares no meu...e a participares na redacção de contos conjuntos.:)
Sê bem-vindo em:
http://quemcontaumcontoaspalavrasquesou.blogspot.com
bji