sábado, 15 de maio de 2010

Perguntas indiscretas - 30

Qualquer cinéfilo sente o especial prazer, de quando em vez, de visionar várias vezes um filme que já viu vezes sem conta. Um filme que é da sua particular predilecção, que não se importa de rever em DVD, não o perde numa sala de cinema, nem se recusa de rever num qualquer canal televisivo por cabo.
No entanto, também existe o oposto: filmes que são vemos uma única vez e juramos que nunca mais lhe pomos a vista em cima. Por serem tão maus, por não corresponderem aos nossos gostos ou por causarem irritação espontânea.
Assim sendo, que filme nunca mais querem ver na vida, nem por um segundo?

19 comentários:

António Feijão disse...

Starship Troopers

Hugo disse...

O horrível "Southland Tales".

Abraço

Nekas disse...

Há tantos desses. Um deles é, por exemplo, Dragonball Evolution pois, se querem um exemplo de como se faz uma má adaptação de uma série de culto vejam esse filme...

Abraço
Cinema as my World

Flávio Gonçalves disse...

O supra-penoso "Click", que é a maior banhada de todos os tempos. Ou o italiano "Cannibal Holocaust", que é do mais desumano.

Erzsébet disse...

Pegarei pesado aqui, citando títulos de filmes não tão trash e aplaudidos por muitos... Nunca voltarei a assistir "Invictus" de Eastwood e esses filmes , creio que tenham sido três, do "Spiderman"... Nenhum dos dois me agradou. O primeiro me lembrando só mais um daqueles filmes sobre esportes, sendo que tinha em mãos uma história que daria espaço à belas abordagens.

cão sem raiva disse...

Todos de Manoel de Oliveira, com excepção de Aniki-bóbó.

Manuela Coelho disse...

Nine.A última banhada que vi no cinema. Nem sei como lá entrei.

Back Room disse...

Acho que os apago imediatamente, o que é óptimo.

Anónimo disse...

"mama mia", vi-me obrigada a assistir a tamanho disparate ._. fogo, mama mia. também houve o "um homem apaixonado" que comprei ao desbarato por causa do adrian brody .. aprendi a lição, nada de adquirir filmes só por aparecerem rapazes giros :p
e depois houve o "grande silêncio", cortesia do público e que apesar de ser um excelente documentário, não consegui ver até ao fim, coisa que raramente me acontece.
felizmente, nunca tive desilusões destas no cinema :)

m.ª

Anónimo disse...

* adrien

saludos :)

m.ª

sem-se-ver disse...

a casa dos espiritos (foi o 1º que me ocorreu)

Cid BRasil disse...

''Moulin Rouge'', não re-vejo nem amarrado...

F disse...

O exorcista. Não o vi, a não ser poucas e pequenas passagens. E bastou-me.

Peter Gunn disse...

Titanic...

Nem banhado a ouro o consigo ver à frente! E se eu já vi filmes maus ... mas este tenho um ódio de estimação por ele, apesar de concordar que esta bem feito.

ritha, a fine young girl who keeps spinning around disse...

Le Voyage du Ballon Rouge de Hsiao-hsien Hou!

Gaspar Garção disse...

Filmes atrozes, num espectro o 1º A Múmia, inenarrável, e noutro O Pianista, do Michael Haneke, inenarrável no miserabilismo e na imagem de degradação que faz de um ser humano, "chato" e sem grande talento cinematográfico (pelo menos por este filme, o único que vi do Haneke, não sei onde está o furor pela sua obra...).

Raquel Setz disse...

Across the universe - que, para mim, deveria chamar "Beatles em uma máquina de moer carne". Me dá ódio só de falar nesse filme!!!

Isobel disse...

O Paciente Inglês!

juju disse...

Sorte Nula...