quinta-feira, 29 de Julho de 2010

O assassino e "Citizen Kane"

O alegado autor do triplo homicídio, Francisco Leitão, vivia numa espécie de mundo da fantasia, no qual cabiam poderes imaginários e um castelo feito à medida e imagem de... Charels Foster Kane. Segundo a edição de hoje do Correio da Manhã, o homicida inspirou-se na mansão do protagonista do filme "Citizen Kane" de Orson Welles para construir o seu castelo (na imagem).
O "Rei dos Gnomos", Francisco Leitão, terá visto o célebre filme de Welles há 5 anos e ficou impressionado com a grandiosidade da mansão e da respectiva decoração, pelo que tentou imitá-la. Até no nome: "Xanadu". Não acredito que Francisco Leitão seja um cinéfilo inveterado ao ponto de querer imitar a casa de um filme de que gostasse. Fê-lo apenas porque terá uma personalidade desequilibrada.
Agora imaginem se, em vez da mansão de Citizen Kane, o assassino se tivesse inspirado na casa de Pee Wee Herman (do filme homónimo de Tim Burton). Seria ainda mais "creepy":

3 comentários:

Flávio Gonçalves disse...

Esse Rei Ghob mete muito medo.

Álvaro Martins disse...

Creepy é esse filho da p*** sequer existir.

::Andre:: disse...

"Não acredito que Francisco Leitão seja um cinéfilo inveterado ao ponto de querer imitar a casa de um filme de que gostasse."
Então? Os cinéfilos inveterados são todos boas pessoas? A mim espanta-me é ele ter visto o filme..