terça-feira, 6 de julho de 2010

O dia do futuro é hoje


Eu sou do tempo em que vi na sala de cinema a trilogia "Back to the Future" (1985 - 1990), uma fantástica aventura de puro entretenimento (de qualidade): um argumento cativante, surpreendente e complexo, boas interpretações de Michael J. Fox e de Christopher Lloyd, e uma realização seguríssima de Robert Zemeckis.
As peripécias do adolescente rebelde Marty McFly (Michael J. Fox) que ouvia ZZ Top e Van Halen e que tinha fama de cobarde, levaram-no ao futuro (e depois ao passado) por intermédio do fantástico carro-que-viajava-no-tempo do "louco" cientista Emmett Brown.
Ora, o dia do futuro para o qual Marty McFly viajou no filme é a data de... hoje (ver quadro em baixo que surgia no filme)! Na película - realizada em 1985 - surgiam invenções que se concretizaram, como as centenas de canais de televisão por cabo, os jogos de consola ou a videoconferência.
No entanto, muitas outras coisas que Marty presenciou no "futuro" de 2010 continuam do domínio da ficção: carros voadores, roupas de neon, skate flutuantes, homens de negócio com duas gravatas, são ainda pura miragem nos tempos que correm. Talvez se houver um "Back to the Future 4" e Marty McFly viaje até 2025 consiga testemunhar estas inovações...
Visto aqui.

7 comentários:

diogo disse...

já se sabe que é photoshop. aqui fica a prova http://www.guardian.co.uk/film/filmblog/2010/jul/05/tamper-time-frame-back-future

Francisco Maia disse...

Caro Afonso, é photoshop e já foi provado. Devo dizer que fiquei desiludido mas admirado com a capacidade de enganar o mundo inteiro.

Francisco Maia disse...

(não tinha visto o comentário acima, daí a minha redundância)

O Homem Que Sabia Demasiado disse...

Pelos vistos é mesmo forjado. Too bad. O post vale por si próprio.

Já agora, era interessante verificar qual era, realmente, a data do futuro da trilogia. Anyone?

O Homem Que Sabia Demasiado disse...

Conferi: o Marty viaja no tempo até 2015 e não 2010. São só mais 5 anitos...

hg disse...

Hoje em dia é fácil enganar meio mundo pois já ninguem perde tempo a confirmar seja o que for. Acredita-se em tudo aquilo que é dito ou mostrado.

Gonga disse...

Eu por acaso tinha ideia que era 2015 mas ja acreditava