quinta-feira, 31 de março de 2011

Entrevista Póstuma (3)-Stanley Kubrick


O Homem Que Sabia Demasiado - Muitos críticos consideram a sua obra cinematográfica como única na história do cinema. Concorda?

Stanley Kubrick - Concordo.

O Homem Que Sabia Demasiado - É conhecido por ser um cineasta de grande exigência formal, muito meticuloso na preparação de cada filme, nas filmagens e montagens.

Stanley Kubrick - Não ligo ao que dizem sobre mim acerca desse assunto.

O Homem Que Sabia Demasiado - Sim, mas admite que era particularmente duro com os actores, que os obrigava vezes sem conta a repetir cenas...

Stanley Kubrick - Repetiam as vezes que eram extritamente necessárias. E nunca me dei mal com nenhum actor por isso.

O Homem Que Sabia Demasiado -Mas consta-se que os actores de "The Shining", Jack Nicholson e Shelley Duvall, se queixaram do nível de exigência nas repetições de cenas.

Stanley Kubrick - Ambos foram actores maravilhosos. A imprensa exagera. Fiquei muito amigo de Nicholson depois desse filme.

O Homem Que Sabia Demasiado - Os temas dos seus filmes foram sempre temas fortes: guerra, sexo, violência, obsessão, desejo, suicídio, loucura...

Stanley Kubrick - Por nenhum motivo em especial.

O Homem Que Sabia Demasiado - Se tivesse que escolher uma obra que melhor representasse o seu cinema, qual seria?

Stanley Kubrick - O filme "Napoleão", que nunca consegui concretizar ao fim de muitos anos a tentar.

O Homem Que Sabia Demasiado - É verdade que é avesso a entrevistas e sempre as recusou?

Stanley Kubrick - Isso é invenção.

4 comentários:

joao amorim disse...

o final está sublime :)

cumps

Anónimo disse...

Só se for o final pois de resto nada se aproveita nesta "entrevista" ....

Mas sinceramente está aqui um dos melhores blogues sobre cinema da actualidade. Continue assim Vitor.

Ja agora, sugiro que sugerisse (passo a redundancia) um filme para os leitores do blogue verem numa data especifica, e depois o discutirem numa data posterior.
Sempre é uma ideia para dinamizar ainda mais O HOMEM QUE SAIA DEMASIADO.

Cumprimentos,
Johnny Guitar

Nelson Magina Pereira disse...

Adorei a última pergunta e consequente resposta.

Cumprimentos

O Homem Que Sabia Demasiado disse...

Johnny Guitar: é uma sugestão interessante.