quinta-feira, 16 de setembro de 2010

Grandes Filmes Frustrados - 4: Hitchcock e "Kaleidoscope"


A HISTÓRIA: Em finais dos anos 60 Alfred Hitchcock debatia-se com um certa falta de inspiração. O seu apogeu artístico tinha sido já alcançado com as obras-primas "Psycho" (1960) e "The Birds" (1963).
Como forma de se reinventar, o realizador inglês lançou-se no projecto mais negro e violento de sempre, de tal forma que "Psycho" parecesse uma produção da Disney. Corria o ano de 1971. O mestre do suspense já tinha deixado ao mundo todas as suas obras-primas, mas faltava-lhe fazer "Kaleidoscope", um filme que retratava a vida de um serial killer e violador implacável. O próprio Hitchcock, amante do humor negro e dos recantos violentos da mente humana, achava que poderia ser um filme demasiado violento para o público. "Kaleidoscope" seria um filme brutal com vários assassinatos filmados de forma inovadora (com luz natural) - o actor Michael Caine foi sondado para interpretar o papel do terrível assassino.
CONCLUSÃO: "Kaleidoscope" nunca viu a luz do dia. O argumento estava escrito, a pré-produção em marcha, mas os estúdios de cinema que iriam financiar o filme - MCA Studios - abortaram o projecto. Razão? O argumento demasiado repulsivo e violento. E assim se perdeu, porventura, uma portentosa obra de Alfred Hitchcock, uma viagem aos abismos mais negros de uma mente psicótica, num filme extremo como o próprio Hitchcock nunca tinha feito.

4 comentários:

Hugo disse...

Não conhecia esta história e com certeza seria um filmaço.

Hitch fez um filme parecido com este argumento em "Frenesi", com o "Assassino das Gravatas".

Abraço

ArmPauloFerreira disse...

Interessante.
Já ouvi falar neste mitico Kaleydoscope de Hitchcock. Acredito que teria sido um filme que ainda hoje geraria falatório.

Rui Resende disse...

não conhecia, confesso, este projecto não concretizado. Realmente, como disse o Hugo, parece que o Hitchcock pode ter transportado algumas destas coisas para o Frenzy.

já agora discordo de ti quanto aos pontos máximos da filmografia de Hitch. Para mim os melhores dos seus filmes são A Janela Indiscreta e o Vertigo

abraço

Masquediabo disse...

Espero que ele o tenha feito num mundo alternativo.