segunda-feira, 6 de setembro de 2010

O universo único de Svankmajer

É preciso ter disposição para perder 7 minutos e 30 segundos - que é o que dura o vídeo em baixo - para compreender e fruir a enorme originalidade do realizador de animação checo chamado Jan Svankmajer.
Desde 1964 que Svankmajer faz filmes de animação baseados num universo estético e visual único: ambientes cláustrofóbicos e kafkianos, humor surrealista, personagens bizarros, crítica e sátira social... Tudo com recurso exímio a elementos quase rudimentares: animação de volumes (plasticina, barro e muitos outros materiais do quotidiano), mas também à "live action". Sem palavras, mas com muita imaginação.
Diz-se que Svankmajer influenciou, de forma determinante, o imaginário de Tim Burton (uma verdade incontestável). E os conhecedores da obra do cineasta checo defendem que os seus filmes de animação comprovam essa reverência artística absoluta.
Eu conheço meia-dúzia de curtas-metragens deste visionário realizador e corroboro a sua imensa valia artística. O blogue My One Thousand Movies está a promover um ciclo de cinema de animação, com especial enfoque nos filmes de Svankmajer. Vale a pena começar a descobri-los aqui.
Ou então perder os tais 7'30'' para ver esta preciosidade:

5 comentários:

Anónimo disse...

muito bom seu blog...voltarei sempre.

ivana debértolis disse...

muito bom seu blog...voltarei sempre. Ivana

NanBanJin disse...

Muito, muito bom, sem dúvida.

Já agora não sei se conhece o bizarro mundo do Takena — deixo-lhe aqui um projecto de obra-prima dentro do género:

http://www.youtube.com/watch?v=6d-tNXxTRBA

— japonês, obsessivo, muito focado nos mesmos temas de sempre (zombies, horror, sexo, sangue, carnificínas, lolitas e fetiches afins), mas muito, muito engraçado, mesmo — tudo em plasticina — a paciência e o cuidado nos detalhes, neste caso, são de se lhe tirar o chapéu!

Magnífico Blogue.
Adoro cá vir.

Um Abraço do Japão,
NBJ

João Gonçalves disse...

Adorei! E até agora, foi o único que vi :)

Vou descobrir o resto...

blueangel disse...

fabuloso!