quinta-feira, 18 de novembro de 2010

Obrigado João Botelho


Não é um grande filme apenas por ter uma altíssima definição e qualidade de imagem derivada do formato digital. Não é um grande filme apenas por ter uma extraordinária fotografia, uns movimentos de câmara em estado de graça ou uma interpretação arrasadora de intensidade de Cláudio da Silva (como Bernardo Soares). Não é um grande filme apenas porque vai ao mais fundo da prosa emocional e inquieta de Fernando Pessoa.

É também um grande filme porque congrega a luz e a sombra, mistura a música e a palavra, redefine a narrativa em fragmentos unidos por um riquíssimo universo literário.

É também um grande filme porque João Botelho soube dar ênfase à essência da vida misantropa e sofrida de Bernardo Soares, esse ser errante por uma Lisboa com "ópio na alma". Um filme de uma espantosa mise-en-scène, de um exigente formalismo estético, de tensão e distensão, de visões e fantasmas, de corpos e sons.

"O Filme do Desassossego" é, por isso, um filme desassossegado que intriga e desafia o espectador, que rompe com uma certa linguagem acomodada da montagem, que cria uma nova ideia da composição plástica das imagens, que edifica uma ponte sólida entre a palavra, o sonho, a realidade, o medo, e a catarse do espírito humano.

Uma experiência audiovisual inesquecível.

Obrigado Fernando Pessoa.

Obrigado João Botelho.

5 comentários:

PortoMaravilha disse...

Olá,

É um novo filme ? Interessa-me saber.

Até agora só vi "O Livro do Desassossego" do semi-heterónimo Bernardo Soares adaptado ao teatro (em Francês ).

Não foi João Botelho quem realizou um " Adeus Português" ? Estou agora à nora com a minha memória.

Nuno

O Homem Que Sabia Demasiado disse...

Nuno: sim, o "Tempos Difíceis" é do Botelho. Este filme é baseado no livro homónimo do Pessoa.
Vê aqui o site oficial -http://www.ardefilmes.org/filmedodesassossegopt.html

O Homem Que Sabia Demasiado disse...

Nuno: sim, o "Tempos Difíceis" é do Botelho. Este filme é baseado no livro homónimo do Pessoa.
Vê aqui o site oficial -http://www.ardefilmes.org/filmedodesassossegopt.html

Anónimo disse...

Que grande colecção de lugares-comuns que conseguiste aqui alinhavar! O Pessoa não o mereceia...

Anónimo disse...

merecia, bien sure.