quinta-feira, 5 de fevereiro de 2009

A voz dos Cramps apagou-se


Morreu um dos maiores ícones do rock dos últimos 30 anos: Lux Interior, líder e vocalista dos míticos The Cramps, banda norte-americana que misturava punk, rockabilly, garage rock e surf music. Vieram uma única vez a Portugal, no Festival Paredes de Coura. Houve uma fase da minha vida que ouvia obsessivamente os Cramps (influência de amigos), sobretudo os primeiros dois álbuns da banda de Lux Interior e Poison Ivy (mulher e guitarrista). Uma grande perda.

4 comentários:

Beep Beep disse...

Duas vezes, Vítor. Também estiveram no Campo Pequeno, num concerto fenomenal. Notícia muito triste.

Victor Afonso disse...

Obrigado pelo esclarecimento. Tinha a ideia firme que só tinham vindo a Portugal uma única vez...

KIm PrIsu disse...

The Cramps, nos em Paris dávamos a musica de eles o nome Psycobilly, eu tive a oportunidade de os ver no principio dos anos 80, grande concerto, grande maluco o Lux Interior, mas também gostávamos muito da guitarrista, sempre muito sexy, vi os ainda no tempo onde eram does guitarristas e sem baixo.
Um dia vamos todos é a vida...
bom dia por ai na Guarda

Luis Francisco G Padrela disse...

Campo Pequeno... Alucinação de malukeira... The Cramps... Suicidal Tendencies... Bentley Rithm Ace... Muito bom...