sábado, 16 de outubro de 2010

25 anos de um disco intemporal


Soube pelo blogue Sound + Vision que faz hoje 25 anos que foi editado um dos discos da minha vida: "Seventh Dream of Teenage Heaven" (1985) dos Love and Rockets (o disco de estreia da banda de três ex-Bauhaus).
Lembro-me bem de ouvir o disco no saudoso programa "Som da Frente" da Rádio Comercial (no horário da tarde). Comprei mais tarde o vinil que guardo religiosamente e que ouvi vezes sem conta. Os Love and Rockets fariam outros bons discos, mas quanto a mim, nenhum conseguiu igualar a qualidade geral e a originalidade do álbum de estreia.
"Seventh Dream of Teenage Heaven" tem músicas perfeitas e viciantes que ainda hoje não me canso de ouvir, como esta "Hanted When The Minutes Drag":

6 comentários:

Masquediabo disse...

É bom. Muito bom.

Masquediabo disse...

O que eu gostava mesmo era que remasterizassem os albuns de Bauhaus.
(Isto é, se calhar já fizeram)

hmbf disse...

Primeira nota: há uns anos, fui ver os Bauhaus no Pavilhão Atlântico e fiquei surpreendido com a capacidade que tiveram de não se deixarem comer pelo tempo. Uma energia impressionante.

Segunda nota: vi o Peter Murphy duas vezes ao vivo, uma no Sudoeste, que não gostei, uma outra num festival no Porto cujo nome não me recordo e fiquei mais uma vez estupefacto com a jovialidade do homem.

Terceira nota: gosto mais do Express.

:-)

Paulo Assim disse...

lembro-me bem desta capa quando varria de uma ponta a outra as prateleiras de vinis. nunca o comprei. mas é muito bom, sem duvida.

NanBanJin disse...

Também figura na minha lista, mas confesso que já não o oiço há muito anos (velho vinil, que é feito de ti?)

Grande Abraço,

NBJ

Luis Baptista disse...

Sem duvida um disco imtemporal que da imenso prazer ouvir de vez em quando e que ainda se ouve.