sábado, 5 de dezembro de 2009

Perguntas indiscretas - 13


Vários foram os géneros cinematográficos (ou movimentos) que marcaram a história do cinema, fosse pela inovação formal e estética, fosse pelos conteúdos abordados e pelo contributo para o desenvolvimento da linguagem cinematográfica:
- Comédia burlesca americana
- Expressionismo Alemão
- Neo-Realismo italiano
- Nova Vaga francesa
- Western
- Cinema Negro (Film Noir)
Hoje são poucos os filmes que recuperam elementos destes movimentos e talvez nem se justificariam nos dias que correm, porque constituíram a marca de uma época específica. No entanto, se quiséssemos fazer um exercício meramente retórico, que movimentos poderiam hoje sobreviver aos tempos de hoje? Que estéticas (já datadas) poderiam obter sucesso comercial e artístico?

6 comentários:

O Projeccionista disse...

Essa pergunta é bastante indiscreta.

Mas de vez em quando surgem recuperações de géneros ditos clássicos bastante originais. Basta ver o recente «Moon», de Duncan Jones, que conseguiu fazer um bom filme de ficção cientifica como há muito não se via.

Por outro lado, há recuperações de géneros que bem podiam ter ficado na gaveta. Falo por exemplo de «Appaloosa», o último filme realizado por Ed Harris, que é um western que faria John Ford dar umas valentes voltas na tumba.

Tudo depende do material e de quem pega nele. Clint Eastwood nos idos anos 1990 fez um brilhante western de seu nome «Imperdoável».

Sam disse...

O film noir continuaria a fazer todo o sentido nos dias que correm e adequado ao mais variado género de situações contemporâneas (ex.: a crise financeira mundial).

Concordo plenamente com O Projeccionista quando se refere ao Western. Estamos a assistir ao seu renascimento, já denominado de Western Moderno, como o demonstrou OS TRÊS ENTERROS DE UM HOMEM ou HAVERÁ SANGUE.

Abraço.

My One Thousand Movies disse...

Eu penso que o film noir contínua a fazer todo o sentido. De vez em quando lá aparece uma obra-prima que vai buscar influências ao film noir antigo, como foi do caso do "L.A. Confidential" do Curtis Hanson.
As comédias burlescas americanas deram lugar ao que hoje em dia se chamam de comédias românticas, embora estas sejam um pouco mais softs também para se adaptarem às audiências.
O "western", sem ser pela mão do Clint Eastwood, praticamente deixou de existir.
Os outros géneros, que por acaso são os não americanos, deixaram de existir como os conheciamos, mas por sua vez foram originar outros sub-géneros. Existe uma nova vaga no cinema francês, assim como no romeno e noutros países.
Quanto a obterem sucesso comercial é difícil. O público está cada vez mais obcecado com os blockbusters, e normalmente que vê este tipo de filmes é uma minoria.
É um bocado difícil de analisar-mos as coisas no momento em que estamos, porque daqui a um tempo podemos ter uma visão completamente diferente.

Neuroticon disse...

Os únicos géneros que obtem sucesso comercial sao as tretas dos superherois e as sequelas.
Hoje em dia para se ver bom cinema é preciso procura-lo!!!

Fifeco disse...

Mediante o meu gosto pessoal, apostava no film noir mas tenho dúvidas que conseguisse subsistir no mundo mainstream.

Aliás, nenhum dos géneros mencionados sobreviveria a esse mundo... digo eu!

it was RED - Para quem gosta de cinema disse...

Obviamente, no mainstream esses excelentes movimentos são ignorados. Resta-nos uma pequena margem na cena cinematógrafica atual a qual inspira-se nesses grandes gêneros.

Há pequenos movimentos cinematográficos mais recentes, como o "Dogma 95" e o pseudo-movimento, que na verdade trata-se apenas de uma geração de cineastas, "Cineastas do VCR".