segunda-feira, 20 de julho de 2009

Era Uma Vez na América

Talvez não seja mera coincidência que o actor Robert De Niro tenha participado nalguns dos melhores filmes americanos da segunda metade do século XX: "O Padrinho 2" (1974) de Coppola, "Taxi Driver" (1976) de Scorsese, "O Touro Enraivecido" (1980) de Scorsese e "Era Uma Vez na América" (1984) de Sergio Leone. E como eu gosto deste épico de 4 horas de Leone! Monumental e arrebatadora história de amizade e traição que decorre ao longo de várias décadas, numa homenagem sentida sobre a identidade histórica, social e cultural dos EUA. A música de Ennio Morricone é eterna, sublime nas pontuações aos múltiplos episódios narrativos, imagética como só a sua música consegue ser.
Quem quiser visionar ou rever a versão do realizador, pode fazer o download de "Era Uma Vez na América" aqui.

6 comentários:

Stalker disse...

Este é dos tais. Não resisto muito tempo e lá vou pegar no DVD e ver mais umas cenas.
Sobre a música bem escreves, avassaladora.
Podia ser um filme com de Niro e os outros, mas é impossível esquecer Woods, Pesci, Aiello e tantos outros.
Quem não conhece, faça favor de não perder tempo. É um must see!

AddCritics disse...

De Niro é um mestre da representação. E trabalhou com os mestres da realização do seu tempo.

Once upon a time in America é uma ode ao cinema, onde como referiste participam mestres como De Niro Moricone e o génio Leone.

N. disse...

pelo contrário, sei de menos, por isso, vénia, vénia assim a modos de dizer, obrigada pelo link. E sim, a música de Morricone é tudo isso (andei no outro dia a "ouver" como ele "batuta" essas e outras BS) bem como, neste caso, o filme ou os filmes.

N. disse...

andei a "ver e a ouvir" no youtube.

Spark disse...

Um filme obrigatório!

Tracey disse...

Um dos filmes da minha vida