segunda-feira, 26 de outubro de 2009

Mike Patton e a música para filmes


Não sei se o filme vale de alguma coisa ou não (as crónicas são pouco abonatórias): "Crank: High Voltage", realizado por um tal Mark Neveldine (pelo trailer parece-me um filme de acção algo desmiolado). O que sei é que quero vê-lo o quanto antes porque tem a banda sonora de Mike Patton (Fantômas, Mr. Bungle, Faith No More, Tomahawk, Peeping Tom...). Depois de ter feito a música para o filme "A Perfect Place", comentado aqui, Patton regressa à experiência criativa que sempre o fascinou: a música original para cinema. O seu universo estético retorcido (no bom sentido) reflecte-se no trabalho realizado para "Crank: High Voltage": cruzamento de ambientes sonoros antagónicos, abordagem pouco ortodoxa de estilos musicais, influências assumidas de Ennio Morricone e Nino Rota com heavy metal, electrónica e experimentalimos vários.
Os 32 temas da banda sonora podem ouvir-se no Youtube.
Grande e imparável Mike.

6 comentários:

::Andre:: disse...

Não achas que ao mesmo tempo é um pouco sobrevalorizado?

Victor Afonso disse...

Não. Tem trabalhos menores, é certo, mas para mim não é sobrevalorizado.

Diamond disse...

Trabalho de grande valor o deste SENHOR.

Vi-o em Lisboa na Aula Magna, quando tu fizeste a 1ª Parte.

Muito bom, Parabéns Kubik, não lhe ficas nada atrás.

Cump.

Victor Afonso disse...

Muito obrigado, Diamond.

Palavras simpáticas mas exageradas :)

::Andre:: disse...

Kubik já editava qualquer coisa já...

Victor Afonso disse...

Andre - está para breve - para o ano.