quarta-feira, 12 de janeiro de 2011

Dois cartazes

São dois filmes que vão estrear brevemente em Portugal. Dois filmes de realizadores de gerações e formações bem diferentes (cada um no seu território de exploração cinematográfica): Darren Aronofsky e Jean-Luc Godard.
Ainda não vi nenhum destes filmes, por isso aproveito apenas para comentar os respectivos cartazes. Cada um à sua maneira, são dois notáveis cartazes: “Black Swan” pela inegável qualidade plástica da imagem, pelo olhar doce de Natalie Portman e pela inquetante cratera no seu rosto; “Film Socialism”, de Godard, pelo conceito gráfico minimalista – fundo negro, letras vermelhas e as iniciais do cineasta francês entrelaçadas com as do título da película. Ideias aparentemente simples, despojadas e que, ao mesmo tempo, revelam criatividade ao nível das soluções visuais.

3 comentários:

Djabal disse...

Também não vi os filmes ainda. Entretanto, hoje assisti um filme chamado The Profissional. Com a mesma atriz a Natalie e fiquei impressionado com a beleza plástica da então menina, que o cartaz confirma e acima de tudo, com a capacidade de atuação. É uma filme a não se perder.
E o cartaz do "Socialisme" comprova que o menos é sempre mais.
Grande abraços e obrigado.

João Ruivo disse...

Gosto mais da estética dos outros posters mais abstractos do Black Swan. Mas um cartaz com a cara da Natalie Portman em tão grande destaque dificilmente seria mau.

O Homem Que Sabia Demasiado disse...

Sim, The Professional foi o grande arranque da carreira de Portman. Na altura uma pré-adolescente em aventuras com Jean Reno.