segunda-feira, 3 de agosto de 2009

Soderbergh e o trailer ao som de bateria

Ainda não conhecia o trailer do filme "The Girldfriend Experience" de Steven Soderbergh. Fui vê-lo ao Youtube e fiquei surpreendido. A maior parte dos comentários e reacções ao mesmo são negativas. Não me espanta. É que o trailer do último filme de Soderbergh recusa todas as convenções audiovisuais que um trailer, habitualmente, possui: não tem voz off a narrar quaisquer acontecimentos ou "taglines"; não existem diálogos audíveis dos actores; não há crescendos de montagem para produzir efeitos emocionais no espectador, nem efeitos sonoros surpreendentes. Não. O trailer de "The Girlfriend Experience" resume-se a um conceito que tem tanto de simplicidade como de eficácia. As imagens sucedem-se a um ritmo coerente, sem quebras ou sobressaltos, ao som de um solo de bateria que imprime um toque exótico ao trailer. Sabemos, pela última imagem do trailer, que os ritmos de bateria são criados por um baterista que toca nas ruas de Nova Iorque.
As críticas não têm sido muito entusiasmantes para com o filme que tem a actriz porno Sasha Grey como protagonista, mas o trailer é, no meu entendimento, original e ousado.
PS - ainda não há data prevista para a estreia em Portugal

3 comentários:

Rui Resende disse...

gosto sempre das experiências do Soderbergh. Ainda não tinha visto este trailer e realmente é muito eficiente. O registo aproxima-se do que podemos ter num videoclip n te parece?

o filme não tem data de estreia em Portugal e o mais provável é q não venha a estrear. não sei se "posso" dizer isto, mas a verdade é q tenho-o em "lista de espera" para ver um dia destes, pelas vias que todos sabem, onde já se encontra disponível.

Victor Afonso disse...

Sim, Rui, concordo que tem mais a ver com a estética videoclip do que propriamente com a de um trailer de cinema. Quando quer, o Soderbergh sabe aplicar o seu toque experimental.

Infelizmente, é provável que o filme acabe como o "Bubble", directamente para o mercado DVD, sem passar pelas salas.

Se quiseres partilhar o sítio onde o filme está disponível, be my guest! :)

Coldsector disse...

Não conhecia o filme nem o trailer, mas sinceramente gostei do ar minimalista com que está feito, partilho também da vossa opinião quanto ao look mais videoclip, até o aspecto da imagem em si remete mais para esse lado.

Não posso partilhar a negatividade que pelos vistos os utilizadores do youtube dão ao vídeo, para mim é bastante positivo esta experimentação e inovação em trailers.