terça-feira, 18 de agosto de 2009

Os preferidos de Tarantino


É sabido que o realizador Quentin Tarantino desenvolveu o seu gosto cinéfilo quando trabalhava num videoclube de filmes alternativos. Nesses anos, viu todo o tipo de filmes de culto, desde a filmografia integral de George Romero, Sam Peckinpah e Roger Corman, até obscuros filmes de artes marciais de série B. Tarantino costuma dizer que foi graças a esses anos de intensa aprendizagem a ver filmes que se dedicou à realização. E a sua careira é o que se sabe...
Agora o cineasta de "Sacanas Sem Lei" revelou ao site "Skymovies" os seus 20 filmes preferidos dos últimos 17 anos - sensivelmente desde que começou a realizar filmes com o fulminante "Reservoir Dogs". A lista é bastante diversificada e, nalguns casos até, surpreendente. Espanta-me, por exemplo, que Tarantino escolha em 2ºlugar da lista um filme, quanto mim, totalmente menor de Woody Allen - "Anything Else", ou que escolha um filme de mero entretenimento inconsequente como "Team America" como um dos melhores das duas últimas décadas. E surpreende-me, igualmente (mas pela positiva), que o cineasta tenha nas suas preferências filmes tão singulares como "Dogville" de Lars Von Trier ou "O Protegido" de Shyamalan.

5 comentários:

::Andre:: disse...

Qual o teu filme preferido dele?

Spark disse...

Tinha ideia de uma lista diferente das escolhas dele.

Dewonny disse...

Tarantino é o cara!
Gosto muito do cinema dele!
Muito bom teu blog Victor, passei pra retribuir a visita q fez ao meu!
Indiquei lá no meu blogroll!
Abraço! Diego!

Victor Afonso disse...

André: para responder à tua pergunta - "Clube de Combate" de David Fincher.

Ivo disse...

Este tipo de listas é sempre discutivel. Duvido que o Tarantino diga os mesmos filmes noutra lista do mesmo género. Com a quantidade de filmes que ele deve conhecer devem ter sido os primeiros que lhe vieram à cabeça.
Não me surpreende ver o Battle Royale em 1º, mas parece um exagero o numero de filmes asiáticos. E não se vê ali o Oldboy que ele escolheu quando foi juri em Cannes (apesar de estar outro do mesmo realizador).
Mas gostos são gostos...