sexta-feira, 21 de agosto de 2009

Spielberg, Deus e Kubrick

Um dia Steven Spielberg morreu, foi para o céu mas São Pedro não o deixou entrar porque Deus não gostava de realizadores de cinema. Enquanto Spielberg desesperava para entrar no céu, viu passar de bicicleta uma figura desastrada, de barbas fartas, vestida de calças manchadas e sapatilhas rotas. Spielberg perguntou:
- "Esse não é Stanley Kubrick?
São Pedro olha para Spielberg com olhar reprovador e exclama:
- "Não, é Deus. Mas pensa que é Stanley Kubrick".

6 comentários:

Álvaro Martins disse...

Está muito boa a piada ;)

Francisco Maia disse...

hahaha não sabia que havia piadas para cinéfilos!

Rui Herbon disse...

Então, Victor, se me permites, uma anedota melómana:

Knock, knock! Who is it?
Knock, knock! Who is it?
Knock, knock! Who is it?
Knock, knock! Who is it?
Knock, knock! Who is it?
Knock, knock! Who is it?
Knock, knock! Who is it?
Knock, knock! Who is it?
Knock, knock! Who is it?
Knock, knock! Who is it?
Knock, knock! Who is it?
Knock, knock! Who is it?
Knock, knock! Who is it?
Knock, knock! Who is it?
Knock, knock! Who is it?
Knock, knock! Who is it?
Philip Glass

Ritinha disse...

Victor, como sou fã incondicional do Kubrick, obviamente que venero essa tremenda piada.

Rui, soberba! xD

Francisco Maia disse...

ahahah tremenda é a anedota do Rui! muito bom!

Victor Afonso disse...

Sim, a anedota do Rui é boa.

Já agora, convém esclarecer que a anedota do Kubrick e do Spielberg vem numa biografia de Kubrick (que comprei recentemente e irei falar mais dentro em breve).