segunda-feira, 19 de abril de 2010

Discos que mudam uma vida - 103


Violent Femmes - "Violent Femmes" (1983)
O primeiro disco de vinil que comprei (por volta de 1986). Foi num tempo em que se compravam discos via postal, encomendando por catálogo e recebendo em casa uns dias (ou semanas depois). A emoção de colocar a agulha na rodela de vinil pela primeira vez gravou-se para sempre na minha memória. Claro que canções pujantes como "Add it Up", "To the Kill", "Gone Baby Gone" ou "Kiss Off" ajudaram a esse processo de gravação. Na altura quase ninguém conhecia Violent Femmes, e só passava nos programas de rádio mais alternativos, como o saudoso "Som da Frente" de António Sérgio.
O outro dia ouvi um tema deste disco num... supermercado, a servir de tapete sonoro enquanto os clientes compravam cenouras ou cereais. O mundo mudou mesmo...
Ainda assim, continua uma obra musical memorável.

12 comentários:

Manuela Coelho disse...

Tenho-o bem guardado em vinil desde essa altura. Grande álbum!

Neuroticon disse...

Mesmo que sirva de banda sonora para a compra de cenouras e batatas é um grande disco!

Ah, e que bem que sabe fazer compras de headphones na cabeça ;)

Rui Gonçalves disse...

Um disco magnífico que, por acaso, não oiço há muito tempo. Boa altera para o pôr a tocar.

Rui Gonçalves disse...

altura...

The Occult disse...

Lembrei-me agora de uma música do álbum seguinte (Hallowed Ground) de que gostava bastante: Never Tell. E há anos que não me lembrava dessa...

Back Room disse...

E a Blister in the Sun, dificilmente se arranja uma música tão eficaz como primeiro single.

E é bom lembrar que o Gordon Gano ainda cantou com o Manuel Cruz a Capitão Romance, num português... bom. :)

O Homem Que Sabia Demasiado disse...

Sim, Gordon Gano cantou maravilhosamente bem português com Manuel Cruz. E a canção "Capitão Romance" é, quanto a mim, uma das grandes canções da música portuguesa dos últimos anos.

Spark disse...

É sem dúvida o melhor registo da banda. Um clássico!

Abraço

Shumway disse...

Um clássico e uma companhia permanente na minha adolescência.
Eu e um conjunto de amigos sabiamos de côr todas as letras.
Se tentar ainda hoje devo saber :-)

Abraço

Jorge Silva disse...

E belo concerto que deram na Guarda em 2000, não Victor?

O Homem Que Sabia Demasiado disse...

Jorge: eu não vi!

Mia Capgras disse...

Que coincidência!Ainda esta semana estive a ouvir os Violent Femmes!Gone Daddy Gone é um dos meus temas favoritos :)