sábado, 10 de abril de 2010

Sonhos e pesadelos de Fellini


Durante exactamente 30 anos (de 1960 a 1990), o realizador italiano Federico Fellini apontou, diariamente num caderno, os seus sonhos, desejos secretos e pesadelos, numa espécie de antologia onírica que muitas vezes serviu de inspiração para os seus próprios filmes. Os apontamentos eram em forma de texto, desenhos e pinturas, com personagens, rostos, figuras, cenários, no fundo, um imaginário excêntrico, bizarro e surreal (como muitos dos seus filmes: o sonho ao serviço da arte.).
Fellini, falecido em 1993, dizia mesmo que "vivia duas vidas", ou seja, a vida real propriamente dita, e a vida dos sonhos. Chegou a sonhar com personalidades da vida artística como Ingmar Bergman, Orson Welles, Salvador Dalí, Pablo Picasso, e protagonistas de alguns dos seus filmes, como Anita Ekberg ou Marcello Mastroianni.
A sua devoção às experiências oníricas e fantasistas era desmesurada, mas essa devoção tinha uma vertente prática bastante útil: ajudava-o a conhecer melhor a psicologia humana, os seus mistérios e enigmas. Fruto desse intenso trabalho de anotações e ilustrações durante três décadas, surgiu em Itália há uns anos, o "Livro dos Sonhos" de Fellini (que eu saiba, ainda sem edição portuguesa). Um livro no qual se podem conhecer as suas fantasias nocturnas eróticas, com bizarras e volumosas mulheres em poses sensuais e provocadoras em cenários idílicos.
Pode-se comprar na Amazon.

6 comentários:

Álvaro Martins disse...

Gostava de arranjar esse livro ;)

Rui Resende disse...

"como muitos dos seus filmes: o sonho ao serviço da arte."

...ou não será antes a Arte ao serviço dos sonhos?

já que o post é sobre Fellini, aproveito para agradecer outra vez a dica sobre a 8 1/2, a livraria de Madrid. Passei por lá, e realmente é impressionante, valeu mesmo a pena. Obrigado.

O Homem Que Sabia Demasiado disse...

Sim, Rui, a ordem dos termos é essa: A arte ao serviço dos sonhos.

Ainda bem que gostaste da livraria. :)

O Homem Que Sabia Demasiado disse...

E aposto que este livro está à venda na livraria de Madrid!

Manuela Coelho disse...

Estou mesmo curiosa. Deve ser muito interessante.E quanto à livraria 8 1/2 em Madrid, imagino a perdição!

FQ disse...

No ano passado alguns desses desenhos estiveram expostos na Cinemateca de Lisboa. Muito interessantes, de facto.