segunda-feira, 5 de abril de 2010

Unfamous Music Awards


Em meados dos anos 80 houve um concurso de talentos musicais que mudou a música moderna portuguesa: Rock Rendez-Vous. Graças a este concurso (que era também nome do mítico clube de rock lisboeta), Portugal ficou a conhecer bandas essenciais como Mler Ife Dada, Mão Morta, Pop Dell’ Arte, Radar Kadafi, entre muitas outras.
Nos anos 90 e 2000 surgiram muitos outros concursos de bandas por esse país fora, organizados por clubes, entidades oficiais e até autarquias. Iniciativas louváveis em prol da divulgação da música nacional, mas que por vezes redundam em “fogo fátuo” porque as bandas deixam de ter apoios e visibilidade após a realização desses mesmos concursos. E o esquecimento é o destino da maioria das bandas vencedoras (nem sempre, mas...).
Por isso se saúda a 2ª edição dos Levi’s Unfamous Music Awards (o nome é um achado), uma iniciativa da marca Levi’s que visa premiar o talento desconhecido das muitas bandas nacionais que tentam o reconhecimento artístico. Até dia 12 de Abril as inscrições estão abertas e dia 19 serão dados a conhecer as três bandas finalistas, que irão tocar ao lado da banda Linda Martini, no Music Box, no dia 23 de Abril às 23h, na Gala da 2ª edição dos Levi’s Unfamous Music Awards.
Para o primeiro lugar, a banda mais votada (das 100 já inscritas), receberá um prémio de 3000 euros em dinheiro. É importante que uma marca prestigiada e de projecção mundial como a Levi’s impulsione iniciativas como esta dos "prémios a bandas desconhecidas"; espera-se é que deste concurso saiam valores musicais realmente de qualidade, originais e criativos. À semelhança do que acontecia no concurso de música moderna do Rock Rendez-Vous.
Facebook da iniciativa.

2 comentários:

PortoMaravilha disse...

Victor : Muito Obrigado pela informação.

Estes eventos são de facto importantes.

Só agora uma pergunta ( não achei ou não vi a informação ) : Os grupos devem cantar em Português ou podem escolher uma outra língua ?

Nuno

O Homem Que Sabia Demasiado disse...

Nuno: sinceramente não sei. Não cheguei a ler o regulamento...