terça-feira, 13 de abril de 2010

Os Beijos



Alguém inventou hoje o Dia Mundial do Beijo.
E no cinema, que histórias tem o beijo para contar? Milhentas, certamente. O primeiro filme vencedor do Óscar de Melhor Filme (1927), "Wings" ("Asas"), foi o primeiro filme a mostrar dois homens a beijarem-se. Tratava-se de um beijo na face, entre dois grandes amigos, no momento em que um deles estava à morte, ferido numa batalha aérea. O beijo foi apresentado de forma fraternal, absolutamente não-sexual e não-erótica. Desde esse beijo fraternal entre dois homens, em 1927, até ao beijo homossexual explícito do filme "Brokeback Mountain", muita coisa se passou na genealogia do beijo no cinema.
O beijo sempre foi um elemento primordial nas histórias românticas. Expressão passional e amorosa por excelência, o beijo teve no cinema inúmeras formas de representação: mais ou menos eróticos, ternos, apaixonados, violentos, prolongados, súbitos, sedutores, contrariados, etc. E já agora lembremos a homenagem que o filme "Cinema Paradiso" (1988) de Tornatore, prestou aos beijos clássicos do cinema.
Um site elaborou a lista das dez melhores sequências de beijos no cinema (estranha-se o facto de não constar o célebre beijo na praia entre Burt Lancaster e Deborah Kerr no clássico "From Here to Eternity" (1953) de Fred Zinnemman):

1: Clark Gable e Vivien Leigh - "GONE WITH THE WIND"
2: Omar Sharif e Julie Christies - "DR ZHIVAGO"
3: Humphrey Bogart e Ingrid Bergman - "CASABLANCA"
4: Humprhrey Bogart e Audrey Hepburn - "SABRINA"
5: Rock Hudson e Doris Day - "PILLOW TALK"
6: Justin Henry e Molly Ringwald - "SIXTEEN CANDLES"
7: Elizabeth Taylor e Monty Clift - "A PLACE IN THE SUN"
8: Judd Nelson e Molly Ringwald - "THE BREAKFAST CLUB"
9: Gene Kelly e Debbie Reynolds - "SINGIN' IN THE RAIN"
10: Ethan Hawke e Winona Ryder - "REALITY BITES"

Nota: um link em que se pode visualizar algumas destas cenas de beijos.

Se ficaram muitas outras cenas de beijos de fora? Claro, muitas.
Entretanto, se estes são os dez beijos mais glamorosos e românticos do cinema, eu elejo o beijo mais macabro e arrepiante de sempre:
Jack Torrance a beijar uma mulher-cadáver em "The Shining" de Kubrick!

7 comentários:

Álvaro Martins disse...

Inventam dias mundiais para tudo!

Ska disse...

Eu para beijo mais macabro escolhiria os Mark Hamill a beijar a irmã no Empire Strikes Back

F disse...

Essa cena do beijo no "The Shining" é das poucas cenas que me impressionam verdadeiramente (não propriamente o beijo, mas o que vemos logo a seguir). Já vi o filme várias vezes mas essa cena só a vi da primeira vez que vi o filme. Nas vezes seguintes acabei sempre por fazer como as criancinhas: tapar os ouvidos e fechar os olhos!

disse...

Onde é que está o beijo do Sidney Poitier e a Katherine Houghton no Guess who's coming for dinner?

Gaspar Garção disse...

Belo trailer!!!

João Gonçalves disse...

Falta aí Cary Grant e Ingrid Bergman em Notorious

Rato disse...

Estranho não ver por aqui um dos beijos mais célebres (e mais longos) do cinema: Cary Grant e Grace Kelly em "To Catch a Thief / Ladrão de Casaca". É que não é só o beijo nesta célebre cena, mas também os close-ups, imediatamente antes e depois.