segunda-feira, 9 de novembro de 2009

500 discos

O jornalista e escritor Alex Ross, autor do sublime livro "O Resto é Ruído" (uma história original da música ao longo do século XX), deu uma interessante entrevista ao jornal espanhol ABC, na qual explicou a essência do seu livro e as suas ideias em relação ao mundo da música em geral, e da música clássica em particular.
Alex Ross anda em digressão há cinco semanas pelo mundo a promover o seu muito elogiado livro. Enquanto crítico musical do "The New Yorker" recebe, em média, cerca de 100 discos novos todas as semanas (oferta das editoras). Quando regressar à redacção depois destas cinco semanas de ausência, terá 500 discos novos à sua espera. A vida de crítico musical é dura...

3 comentários:

F disse...

Ele, até, ao ir para a cama deve levar um disco diferente todos os dias para o embalar. Mesmo assim o tempo não lhe chega para ouvir todos. Nem que sofra de insónias.

Diamond disse...

Concordo F.
Não é possível "ouvir" atentamente 500 discos e depois fazer as críticas, escrever livros, divulgá-los... O dia dele deve ter 48hs ou mais. :)

Cump.

gasosa disse...

uuuuiii...ele há vidas difíceis..