quinta-feira, 19 de novembro de 2009

Chaplin e as imitações


Não se sabe se este episódio é real ou fictício. Geraldine Chaplin, a filha do famoso realizador da comédia burlesca muda, disse recentemente numa entrevista que também desconhece a veracidade deste episódio. O que se conta é que, no auge da popularidade de Charlie Chaplin, havia frequentemente concursos de imitação do personagem Charlot (tal como hoje existem os programas televisivos de imitações de celebridades).
Um dia, por brincadeira, o próprio actor e realizador resolveu participar, anonimamente, num desses concursos. O objectivo era imitar o mais possível, em termos físicos e expressivos, o célebre vagabundo de bigode, chapéu e bengala. Chaplin terá dado o seu melhor a interpretar-se a si mesmo e, surpresa das surpresas, ficou em terceiro lugar no ranking das melhores imitações. E nunca terá revelado a sua verdadeira identidade...

3 comentários:

Rui Resende disse...

história engraçada. muito curioso, realmente devia ser incrível assistir a cena se soubessemos qm era o verdadeiro Chaplin, lol.
já agora, uma proposta interessante é decidir quem será o melhor imitador de Chaplin, no cinema, já que em vários filmes aparecem actores que imitam o charlot.
as minhas duas preferências vão para o Downey Jr. em Chaplin (1992), e o Johnny Depp em Benny and Joon (1992?). já agora é caricata a versão do Manoel de Oliveira no Lisbon Story do Wenders.

Victor Afonso disse...

A minha preferência vai claramente para Downey Jr. com a brilhante interpretação no filme briográfico "Chaplin" de Attemborough. Já a imitação de Oliveira no filme de Wenders tem de se entender como uma simples brincadeira ingénua em jeito de homenagem do realizador português ao génio do cinema mudo.

Rui Resende disse...

sim sim, eu falei do oliveira por brincadeira. nem acho que seja uma imitação o que ele faz, é simplesmente uma citação.