sábado, 14 de novembro de 2009

Filmoterapia


Já li este livro há dois anos mas volta e meia regresso a ele com o mesmo prazer de descoberta. É um livro que trata o cinema de um forma bem diferente do habitual, que concebe a sétima arte como uma terapia. Aliás, o autor, Pedro Marta Santos, diz mesmo que se trata de uma filmoterapia: filmes clássicos e modernos, para todas as doenças e estados de espírito. Escrito de forma divertida (mas explorando o cinema como matéria bem séria), "Guia Terapêutico de Cinema" está talhado para curar doenças, indisposições ou estados de alma, receitando filmes como terapia para os mais variados sintomas e maleitas. Seja para curar insónias, para enfrentar problemas psíquicos, para usar como fonte de relaxamento, o guia sugere o uso de filmes (e indica o DVD certo) para - em doses bem medidas - enfrentar com sucesso as mais diversas eventualidades.
Jacques Tati está na categoria dos antidepressivos; Vincent Minelli na classe dos ansiolíticos (como antídotos estão Bergman ou Antonioni). É uma espécie de livro de auto-ajuda com recurso a uma estrutura que mima a literatura médica (receita, genéricos, subtância activa, dispensário…), é um guia imprescindível para todos os amantes de cinema. O autor sugere filmes para curar insónias, excessos, traumas de infância, dúvidas existenciais, problemas morais, depressões, ansiedade... E divulga listas improváveis como "Os dez Melhores Filmes com freiras", "Os dez Piores Filmes com padres e Transsexuais", "Filmes Para Ver na Cama em Noite Chuvosa de Inverno", "Filmes Que os Homens Gostam e Elas Fingem Que Gostam Para Lhes Agradar", etc
Cataloga mais de 2000 filmes - indicando a sua disponibilidade em DVD - em temas bastante originais: "Puro Vómito", "O sexo e a Idade", "De Fazer Chorar as Pedrinhas da Calçada", "filmes Que Dão Vontade de Praticar Exercício Físico", entre outras abordagens pouco heterodoxas.
Em suma: seja qual for o seu problema, não vá ao médico: leia este livro e veja filmes, muitos filmes.

7 comentários:

Pedro disse...

Podes me dizer quais são os filmes desta lista?

"Filmes Para Ver na Cama em Noite Chuvosa de Inverno"

Ricardo Martins disse...

Esta é uma prenda de Natal que eu quero no sapatinho.

Abraço.

Victor Afonso disse...

Pedro, alguns títulos:
- "As Diabólicas" de Clouzot
- "A Dama de Xangai" de Orson Welles
- "Mãos Perigosas" de Samuel Fuller
- "O Terceiro Homem" de Carol Reed
- "Roubo no Hipódromo" de Kubrick
- "L.A. Confidenctial" de Curtis Hanson
- "O Jogo" de David Fincher
- "Noivos Sangrentos" de Mallick
- "Paixão Cega" de Raoul Walsh
- "Paixões em Fúria" de John Huston
- "Ferro em Brasa" de Don Siegel
Etc

Pedro disse...

Já chega essa lista.
Obrigado.

Ana disse...

Victor
Gostei muito deste post sobre a Filmoterapia. Não conhecia este livro, mas já tenho aconselhado alguns filmes a amigos quando os vejo um pouco deprimidos.
Gostava de colar este post n' "As coisas essenciais". Posso?
Ana
http://as_coisas_essenciais.blogs.sapo.pt/

Victor Afonso disse...

Ana: sim, não há problema, desde que a fonte original seja citada ;)

É que já me aconteceu ver posts noutros blogs praticamente decalcados dos meus, sem citação directa.

Quanto ao livro, recomendo vivamente. É uma leitura divertida e séria, ao mesmo tempo.

Ana disse...

Obrigada, Victor

Sei que na blogosfera corremos o risco de ser "decalcados" sem cerimónia nenhuma e quando me lancei nos blogues aceitei essa realidade.
A minha filosofia é a de citar sempre a fonte, sempre.
Até porque neste caso o post é para inserir numa série que iniciei sobre outros blogues: "Do Tempo das Descobertas".

Sim, vou ver se adquiro o livro, obrigada pela sugestão.
Ana