segunda-feira, 16 de novembro de 2009

A excelência de Tom Waits

Tom Waits editou em 1988 o filme "Big Time" (1988) que é, basicamente, a gravação de um concerto ao vivo dado pelo músico americano. É um fabuloso documento audiovisual de uma das melhores fases criativas de Tom Waits. Todos os temas são superiormente interpretados, naquele misto de atitude excessiva e de loucura genial que sempre caracterizou o talentoso trabalho de Waits ao longo dos anos.
Esta recriação do clássico "Rain Dogs" é de arrepiar. É Tom Waits no máximo esplendor das suas capacidades interpretativas (é preciso ver até ao fim para perceber). Teria doado um rim para poder assistir a este momento mágico (as hipérboles servem para dizer coisas destas).

3 comentários:

Luis disse...

Tom Waits no seu melhor, tb não sabe fazer discos maus. Um grd concerto, para quando desponivel no mercado nacional?

Nekas disse...

Boa hipérbole para classificas este momento...ele é realmente original...

Abraço
http://nekascw.blogspot.com/

F disse...

fez-me lembrar isto:
http://www.youtube.com/watch?v=UMnSI0kPF2g

e isto:

http://www.youtube.com/watch?v=KnHRTmZGS6g