domingo, 8 de novembro de 2009

Muro de Berlim - dois filmes


Nestes dias em que se comemora os 20 anos da queda do histórico muro de Berlim, recordo dois excelentes filmes que têm como pano de fundo a Alemanha dividida por esse infame muro. Curiosamente, são dois filmes relativamente recentes e realizados por dois realizadores alemães: "Adeus Lenin!" (2003) de Wolfgang Becker e "A Vida dos Outros" (2006) de Florian von Donnersmarck.
"Adeus Lénine!” é um sério e divertido filme sobre os paradoxos produzidos pela mudança que a queda do muro de Berlim trouxe a uma família e a um povo. Realizado com enorme sensibilidade, este filme revela os efeitos que a divisão da Alemanha acarretou na concepção de valores como o amor, a tolerância e a união.
"A Vida dos Outros" (Óscar de Melhor Filme Estrangeiro) aborda uma perspectiva mais política e social decorrente da existência do muro de Berlim. Ao mesmo tempo um thriller político e um drama humano, o filme de Donnersmarck é uma obra que se debruça sobre a falta de privacidade patente na antiga RDA e inerente vigilância do Estado, numa época de grande opressão social e ausência de democracia e liberdade. A história, centrada em 1984, quatro anos antes da reunificação das duas alemanhas, acompanha a gradual desilusão do Capitão Gerd Wiesler, um oficial altamente credenciado da Stasi, a toda-poderosa polícia política do regime, que incluia ainda uma vasta cadeia de informadores, que chegaram a ser 200.000, numa população de 17 milhões.
Dois bons filmes para rever nestes vinte anos de queda do muro.

4 comentários:

Rui Resende disse...

duas excelentes sugestões, sublinho as duas. para mim "a vida dos outros" é um dos melhores filmes dos últimos 10 anos, entra no topo das minhas preferências. eu diria apenas, talvez com atrevimento, que no "a vida.." a stasi, o muro, a política, são o palco da acção, mas o filme é na verdade sobre o compromisso com a arte, fazer a arte ser a vida, misturar-se com ela, acabar com ela.

já agora convido a ler a minha opinião sobre o filme, se é que ela serve para alguma coisa:

http://7olhares.wordpress.com/2008/11/01/das-leben-der-anderen-2006/

abraço

Victor Afonso disse...

A tua opinião é sempre bem vinda, Rui. Obrigado. Vou ler com atenção.

Dora disse...

2 excelentes filmes!
Descobri o teu blog e estou a gostar bastante.
És extremamente original. Gosto disso.
Parabéns!

Mr. Blue disse...

Qual deles o melhor.
Duas abordagens diferentes mas ambas arrebatadoras.

Se num deles é Daniel Bruhl quem se assume como um actor de mão cheia, no outro é Ulrich Muhe que hipnotiza em cada cena, num dos seus trabalhos finais.

Grandes filmes!

Abraço.