segunda-feira, 23 de novembro de 2009

Iggy Pop versão jazzy


Um amigo informou-me que o último disco de Iggy Pop é verdadeiramente surpreendente porque num tema cantava... em francês. Fiquei curioso e investiguei. Na verdade, nesse disco, lançado em Junho deste ano, Iggy colocou de lado o rock e optou pela exploração de novas sonoridades. De tal forma que as grandes influências para este disco, intitulado "Préliminaires", é o jazz de Nova Orleães (Louis Armstrong), a tradição da canção francesa com cantores como Yves Montand e Edith Piaf e ainda o ícone brasileiro António Carlos Jobim.
Ainda não ouvi o disco na íntegra, mas é deveras um gozo ouvir o outrora raivoso cantor rock a cantar num estilo quase "romantic crooner", acompanhado de ritmos jazz e de ambientes de cabaret decadente. Vale a pena descobrir alguns desses temas no myspace do ex-Stooges.
PS - Entretanto, li que em 2010 a vida de Iggy Pop nos primeiros anos dos Stooges vai ser adaptada ao cinema. O actor que vai interpretar tão carismática figura musical é o jovem actor Elijah Wood.

6 comentários:

ArmPauloFerreira disse...

Talvez ainda sejam influências de quando participou na colectanea de James Bond em 1997 e fez a sua versão da "We Have All The Time In The World".

Música da semana: o som de James Bond
é o artigo onde dediquei umas palavras a esse disco orientado pelo David Arnold

Neuroticon disse...

O que?? Elijah Wood? Posso estar enganado, mas parece-me um tremendo erro de casting... :|
Deve ser pelos olhos grandes e esbugalhados...

Victor Afonso disse...

Pois, também me parece que o Elijah Wood é uma opção muito arriscada, não o vejo com suficiente garra para a exigência (até física) do papel. Mas pode ser que surpreenda.
Aliás, ele já disse que estava com muito medo de não corresponder às expectativas...

Spark disse...

"Préliminaires" é um excelente álbum! Um disco com alma.

Abraço

Diamond disse...

Estou a gostar imenso deste novo trabalho de Iggy Pop. Fui fã, durante anos e anos, da sua música, mas agora fiquei encantada e rendida. :)

Há um tema que me faz lembrar um grande senhor, que sempre ouvi ao longo dos anos e o considero sempre actual, Tom Waits.

Cumps.

Luis Baptista disse...

Como já afirmei, uma via a seguir por Mister Iggy e po fechar a carreira com 5 estrelas, pena só os temas serem tão curtos, gostava deles mais longos, depois de muitos trabalhos fraquinhos, aqui está um belo disco.