sexta-feira, 5 de março de 2010

Óscares: as respostas ao Ípsilon


O Público convidou-me a responder a algumas questões sobre os Óscares para a edição de hoje do Ípsilon. Eis as minhas respostas:
_____________________

Qual foi o Óscar mais mal entregue na história da Academia?

Em 1981, o melodrama meloso de Robert Redford, “Gente Vulgar”, arrecadou o Óscar de Melhor Filme. Como foi possível este filme ter sido o vencedor quando na competição estavam obras como “Raging Bull” de Scorsese e “The Elephant Man” de Lynch?

Qual a maior injustiça da Academia, o Óscar que nunca foi dado e deveria ter sido?

Jerry Lewis é um génio subvalorizado. Recebeu em 2009 o “Jean Hersholt Humanitarian Award”, mas deveria ter recebido também, e sobretudo, um “Honorary Oscar” pelo conjunto da sua carreira como actor e realizador. O compositor Danny Elfman foi nomeado 4 vezes na categoria “Melhor Banda Sonora” e nunca ganhou (e deveria ter ganho, pelo menos, com a música que compôs para “Eduardo Mãos de Tesoura”).

Qual a sua aposta emocional para este ano? Quem ou que filme gostaria ver receber um Óscar?

Se é uma aposta “emocional”, então gostaria de ver Kathryn Bigelow levar para casa o Óscar de Melhor Realizador pelo excelente "The Hurt Locker", em detrimento do seu ex-marido James Cameron e do próprio Quentin Tarantino por “Inglorious Basterds”.

6 comentários:

Flávio Gonçalves disse...

Por acaso estava eu a ler o jornal e, quando te lá encontrei, fiquei bastante surpreendido :)

Anónimo disse...

Eu subscrevo as palavras do Flávio Gonçalves. Em boa hora o convidaram caro Victor, o seu blog é excelente e merece ser (re)conhecido pela sociedade portuguesa.

Cumprimentos,

Arcane_Delight

O Homem Que Sabia Demasiado disse...

Obrigado Arcane.

Jackie Brown disse...

Bem, não sabia que tinhas tal importância (sem ofensa ;P), fazes isto a nível profissional, ou assim?
Vou dar uma olhadela no jornal ;)

Quanto às escolhas, discordo do último ponto. Que Bigelow leve em detrimento de Cameron, acho muito bem, mas nunca de Tarantino!

Abraço

Spark disse...

Gostei de ler o jornal e encontrar-te por lá. Mto fixe! :)

F disse...

parabéns pelo reconhecimento mais alargado!