segunda-feira, 1 de março de 2010

Perguntas indiscretas - 23


Quantas vezes o realizador Michael Powell terá visionado filmes do Luis Buñuel (sobretudo "Un Chien Andalou"), de Fritz Lang (sobretudo "M - Matou") e de Alfred Hitchcock (sobretudo "Janela Indiscreta") para ter feito esse grande filme sobre um assassino obssesivo e voyeurista chamado "Peeping Tom" (1960)?

5 comentários:

Diogo disse...

Nenhuma. O Peeping Tom vive por ele próprio - e «matou» o Powell...

Enorme filme.

Cerveja com truco disse...

.
Segundo Roger Ebert, o filme trata do voyerismo de quem o assiste...
.
"The movies make us into voyeurs. We sit in the dark, watching other people's lives.
It is the bargain the cinema strikes with us, although most films are too well-behaved to mention it."
.
Faz sentido, não?
.

Stalker disse...

Olá. Não tenho resposta para a pergunta, mas sei que quando descobri o Powell e o Pressburger fiquei doente: como foi possível passar tantos anos a ver cinema sem dar conta destes senhores? A Matter of life and Death é um tratado. Mas gosto muito deste Peeping, dos RedShoes, do Black narcissus, do Colonel Blimp, enfim, isto tudo para dizer que o Hitchcock é tão falado (merecidamente), mas este não lhe fica nada atrás e merecia muito mais visibilidade.

Anónimo disse...

buñuel era surrealista nao era?

O Homem Que Sabia Demasiado disse...

Sim, apesar da obra de Buñuel não ser toda surrealista, a verdade é que foi o grande impulsionador do surrealismo no cinema, a partir da curta-metragem "Un Chien Andalou".