quarta-feira, 17 de março de 2010

Os clichés do cinema


Mesmo quem não seja cinéfilo e apenas espectador regular de cinema sabe que os clichés são recorrentes nos filmes. Parece mesmo que, sem eles, os argumentistas não podiam viver (bem, nem todos). Por exemplo: quantas vezes não vimos já a típica cena de alguém que entra num carro porque vai a fugir de outro alguém e... o carro não pega? Ou a cena em que o assassino parece que já morreu baleado com 23 tiros mas volta a levantar-se para aterrorizar a vítima (uma vez mais)? Ou o personagem bom que quer matar o mau e fica sem balas nesse preciso momento? Como estes, há milhares de outros clichés que fizeram - e continuam a fazer - a história do cinema - para o bem e para o mal.
O site que está em baixo é um manual impressionante de lugares-comuns e chavões no cinema, vistos e revistos, gastos e recorrentes. Clichés da história, clichés visuais, de interpretação, de realização, enfim, para todos os gostos. Alguém teve a paciência de os compilar por temas. Claramente um site para qualquer aspirante a argumentista de cinema saber evitar (ou reformular, quem sabe) os clichés da história.
Entrar no mundo dos clichés dos filmes.

2 comentários:

Ricardo Martins disse...

Não sabia que este site ainda existia, descobri-o há quase 10 anos, foi um dos primeiros sites de Cinema como deve ser, que descobri na net.

Obrigado por partilhares o link.

Sarah disse...

Já tive tempo de explorar o site com algum cuidado, está mesmo qualquer coisa. É mesmo "um manual impressionante de lugares-comuns e chavões no cinema".

Sarah
http://depoisdocinema.blogspot.com