domingo, 17 de Maio de 2009

Assobio: um novo sopro da música portuguesa


Depois da aventura Chuchurumel, a aventura Assobio. Falo do novíssimo projecto musical do músico César Prata. Já com uma larga experiência na área da música de raiz tradicional e popular, César Prata criou este novo projecto em apenas seis meses, e promete dar que falar no panorama musical português, haja atenção e justiça (por parte da comunicação social e público)para que tal aconteça.
Neste Assobio, César Prata explora a fusão entre as sonoridades de vários instrumentos de cariz tradicional, como a viola braguesa, guitalle, ewi, mbira, adufe, bandolim, ocarina, flautas e ponteira, com as programações electrónicas e por computador. A partir de canções tradicionais do cancioneiro português (algumas com séculos de existência), César Prata reconstrói toda uma memória histórica e cultural, adaptada à linguagem artística dos tempos modernos. E é esse carácter de modernidade que o projecto Assobio vem acrescentar, como mais valia, à música portuguesa (na senda do espírito que sempre norteou o malogrado João Aguardela). Mas Assobio não é só César Prata, visto que a voz de Vanda Rodrigues enriquece, sobremaneira, todo o espectro estético do projecto, com uma voz de timbre grave, muito melodiosa e de vibrato equilibrado.
Assobio apresentou-se, em estreia absoluta, no Teatro Municipal da Guarda, sexta-feira passada. Uma estreia em grande, com um alinhamento de canções bem definido, uma cenografia original e uma sonoridade com um equilíbrio perfeito entre a parte acústica e a electrónica. O projecto já tem mais de dez concertos marcados para os próximos meses, com passagens por várias Fnacs do país e com especial destaque para o festival de música dos Mundo de Sines. O disco homónimo "Assobio" é editado pelo TMG e vende-se online aqui, e terá como público-alvo tanto os amantes da música portuguesa como os adeptos de música electrónica e world-music. Se os Deolinda e A Naifa tiveram sucesso, não há razão para que o Assobio não tenha.
Sugiro uma visita ao myspace do grupo, e ouçam as músicas, especialmente "D.Varão" e "Assobio" (esta com letra original de Américo Rodrigues), canções que são já a marca do projecto (e que têm forte potencial radiofónico).
"Next Big Thing" da música portuguesa? Estou em crer que sim, basta dar tempo ao tempo.

Sem comentários: