terça-feira, 1 de setembro de 2009

A Guerra insana começou há 70 anos

Faz hoje 70 anos que teve início o mais sanguinário conflito de toda a história da Humanidade: 2ª Guerra Mundial. Um conflito de uma brutalidade inimaginável que jamais deve ser esquecido, sobretudo pelas novas gerações.
Daí que a história, a literatura e o cinema tenham um papel determinante em não deixar morrer, na memória colectiva mundial, as atrocidades cometidas por todos os terríveis beligerantes, especialmente por Hitler e Estaline. Das largas dezenas de filmes sobre a Segunda Guerra Mundial, há muitos e bons filmes que documentam a violência deste conflito (focando um ou outro episódio em especial), mas o que me provoca mais emoção, o mais brutal pela secura das imagens, o mais espantoso pela violência insana e pelo horror, é “Vem e Vê”, do russo Elem Klimov. E sobre este filme não vou escrever mais nada porque o que tinha a dizer está tudo aqui.

8 comentários:

Maldonado disse...

Vi esse filme há muitos anos e marcou-me bastante.
Os russos foram os mais martirizados pelas atrocidades nazis.

Álvaro Martins disse...

Sem dúvida Victor, obra-prima.

Gonçalo disse...

Este filme é absolutamente imprescindível. É como dizes, o horror e a violência absurda são retratados sem contemplações, de uma crueza que arrepia - mas ao mesmo tempo, por paradoxal que pareça, não perde uma certa aura 'poética' (à falta de melhor termo).
E já agora, Álvaro, para quando um daqueles teus posts cheios de frames de alta qualidade acerca deste filme?
Abraços!

Passenger disse...

Um filme fabuloso. Não percebo como é possível ainda haverem nazis e comunistas, muitos deles jovens, o mundo é realmente um sítio assim um bocado estranho.

Álvaro Martins disse...

Gonçalo, já o fiz ;)
Vai aqui
http://alvaromartins.blogspot.com/2009/05/idi-i-smotri-1985.html

gonçalo jordão disse...

Altamente! Obrigado pela dica. E nunca é demais dizer: adoro o teu blog.
Um abraço!

G.J.

(...Victor, não preciso de dizer que claro que adoro este blog também - sou cliente assíduo praticamente desde que existe... abraço!)

Victor Afonso disse...

Obrigado Gonçalo. :)

Eu também gosto muito do blog do Álvaro.

VA

Álvaro Martins disse...

Gonçalo e Victor,
muito obrigado pelos elogios.
E é claro que os vossos blogs estão num patamar muito, mas muito alto da minha preferência "bloguista" ;)

Abraços