domingo, 13 de setembro de 2009

Jean Seberg


Se fosse viva, teria feito no passado dia 30 de Agosto, 70 anos. A actriz americana Jean Seberg tornou-se um verdadeiro ícone do cinema após o fulgurante desempenho do grande manifesto da Nouvelle Vague francesa, "O Acossado" (1959) de Jean-Luc Godard, ao lado de Jean-Paul Belmondo. Da sua participação em cerca de 30 filmes, destaque especial para o magnífico "Lilith e o Seu Destino" (1964) de Robert Rossen, filme no qual Jean Seberg interpretava uma doente esquizofrénica apaixonada por Warren Beaty.
A sua vida pessoal atribulada não lhe permitiu prosseguir uma carreira auspiciosa e a sua morte, com apenas 40 anos, ainda hoje está envolta em mistério (provável suicídio). Para sempre ficará recordada como a jovem estudante Patricia do filme de Godard, a vender o jornal New York Herald Tribune nas ruas de Paris, ao mesmo tempo em que se envolve com o ladrão Michel.

2 comentários:

João Franco disse...

Grande actriz, com um triste e mitologico fim. Apesar de gostar de a ver no Acossado prefiro Jean Seberg no Bom Dia Tristeza!!

Rui disse...

A Jean Seberg que eu prefiro é a do sublime «Lilith» do Rossen. E é o seu papel mais difícil.