segunda-feira, 29 de junho de 2009

Uma compilação de "twist"


Amados ou odiados, os "twist" são um fenómeno dramático relativamente recente na história dos filmes. Basicamente, o "twist" é um recurso dos argumentistas para surpreender o espectador com finais imprevisíveis e que revelam o segredo da história (geralmente associada ao género de suspense ou de thriller). Pessoalmente, gosto de bons "twist". Não daqueles fáceis e até previsíveis, mas daqueles que fazem cair o queixo de espanto do espectador perante o engenho da resolução dramática de determinado filme. É o caso do filme da imagem deste post, "Os Suspeitos do Costume" (1994) de Bryan Singer; de "Seven" (1995) de David Fincher; ou de "Angel Heart" (1987) de Alan Parker
Para tem curiosidade de analisar os bons, os assim-assim e os maus "twist", é favor abrir esta lista. Como todas as listas, é subjectiva e passível de discussão. Mas é uma lista onde constam todos os (bons e medianos) filmes com twist da história recente - ainda que o título mais antigo referenciado seja o clássico intemporal "Citizen Kane" (1941) de Orson Welles.

3 comentários:

My One Thousand Movies disse...

Há um twist que nunca ninguém fala, mas que na minha opinião foi ods mais importantes de todos os tempos: "Carnival of Souls" 1962.
Uma obra-prima esquecida.

Passenger disse...

Ninguém fala no Carnival Of Souls porque, apesar de ser um filme bem assustador, o twist não faz sentido nenhum :P

Quanto à lista, concordo com muitos, discordo com o No Country For Old Men (muito bom), discordo com o Suspeitos do Costume (mau).

Francisco Maia disse...

esse é um belo desenho de um chapéu, Passenger ;) grande avatar

e acho que ambos têm razão: o No Country tem um grande, grande final...mas nunca o vi como um twist, realmente...

e discordo totalmente contigo no Suspeitos. Que GRANDE twist!